Crise de Dubai não afetará a Índia, diz o astrólogo Srirangam Ramesh Guru

Quando pensamos que o mundo está se recuperando após o colapso econômico do ano passado, outra crise ameaça transformar-se em uma bola de neve em uma catástrofe econômica. Um anúncio da Dubai World, uma empresa de investimento que administra e supervisiona um portfólio de negócios e projetos para o governo de Dubai, em 26 de novembro de 2009, solicitando um congelamento de seis meses no pagamento de dívidas de seus credores, gerou preocupações generalizadas em todo o mundo, especialmente nos países da Ásia Ocidental.

Embora até agora o impacto tenha se restringido em grande parte a Dubai e alguns países vizinhos, países como a Índia estão mantendo os dedos cruzados para que os tremores da crise de Dubai não afetem sua economia, que está precariamente posicionada após o colapso econômico global.
O astrólogo Srirangam Ramesh Guru usa o método da Astrologia Védica para prever o impacto da crise econômica de Dubai na Índia.

Predição
A crise de Dubai não afetará a economia indiana. O trânsito de Shani (Saturno) de Leão a Virgem em 9 de setembro é um fator favorável para a economia indiana. Além disso, o trânsito Rahu-Ketu em 18 de outubro promete uma mudança positiva para a Índia. A economia indiana terá um desempenho superior ao da maioria das outras economias em 2010. Considerando a posição de Saturno, o setor manufatureiro indiano terá um desempenho melhor do que os serviços financeiros e de TI. Agora que a Índia está fora do período Ashtama Shani, as chances de mudanças positivas inesperadas são muito altas.

Causa da crise de Dubai
A causa raiz da crise de Dubai é o trânsito de Saturno (Shani) de Leão para Virgem. Quanto às posições planetárias da região, a situação parece muito difícil nos próximos três anos. O próximo Saturno retrógrado de 10 de janeiro de 2010 também é negativo para esta região. A situação econômica, no entanto, melhorará a partir de 2013.

Com a graça de Ganesha
Srirangam Ramesh Guru
Astrólogo celebridade