Thomas Gibson demitido de Criminal Minds após luta no set

Getty Images De Charlie Schmelzer /12 de agosto de 2016 18h35 EDT

Mentes Criminosas terá menos um membro do elenco daqui em diante. Página seis relata que Thomas Gibson, que interpreta o agente especial Aaron Hotchner na série de longa duração, foi demitido. 'Detalhes criativos sobre como a saída do personagem será abordada no programa serão anunciados posteriormente', de acordo com um comunicado da ABC Studios e da CBS Television Studios.

TMZ relatou anteriormente que os produtores estavam em cima do muro para manter ou não Gibson no programa, observando que, se ele o fizesse, ficar, seria apenas como ator e que ele não seria capaz de dirigir nenhum episódio futuro. Os escritores já estavam desenvolvendo um enredo que eliminou o personagem de Gibson antes de sua demissão ser anunciada.

No momento de seu término, Gibson estava em uma suspensão de dois episódios da série depois de brigar com o co-produtor executivo e escritor Virgil Williams. No entanto, uma fonte insistiu em Página seis que Williams era o antagonista na briga. '[Williams] ficou muito agressivo, então Thomas foi embora e depois sentiu que o cara estava atrás dele', disse a fonte. 'Ele se virou e chutou apenas por instinto, como um reflexo.'



A demissão de Gibson pode não ter decorrido desse incidente em particular, mas de um hábito de perder a paciência. De acordo com TMZ , Gibson teve vários surtos anteriores no set e foi forçado a fazer cursos de controle da raiva depois de pressionar um diretor assistente durante as filmagens.

o Mentes Criminosas escritores terão uma temporada desafiadora pela frente. Entretenimento semanal relata que a co-estrela de Gibson, Shemar Moore, anunciou nesta primavera que estava abandonando o papel do agente especial Derek Morgan na busca de outros projetos. Tendo perdido dois de seus personagens originais, não está claro se a temporada de outono do procedimento criminal terá que ser completamente reformulada.